Viva a história de ouro brasileiro em Ouro Preto!

Ouro Preto é uma galeria a céu aberto, com inúmeras obras de arte no estilo barroco.

Adicionar aos favoritos Remover dos favoritos

Em certo momento, durante o século XVIII, nenhum lugar nas Américas era tão rico quanto Minas Gerais. O próprio nome do estado indica que a região passou por uma corrida por ouro de diamantes. A riqueza dessa época continua gravada na arquitetura exuberante da cidade e em suas igrejas magníficas, muitas decoradas com ouro puro.

A cidade continua relevante hoje em dia como um centro artístico e educacional, além de ser um dos destinos turísticos mais visitados no Brasil. A população local é motivo suficiente para visitar a cidade. Os mineirossão famosos por sua hospitalidade e por amar um bom papo.

Não se surpreenda se alguém o chamar para um cafezinho assim que te conhecer. Se aceitar o convite, saiba que o anfitrião oferecerá outras iguarias – desde o mundialmente famoso pão de queijo” ao doce de leite”, prazeres preferidos da região. Para os habitantes de Minas Gerais, uma barriga cheia é o início da felicidade.

Arte barroca

As ruas são estreitas e tortuosas e veículos não são permitidos dentro dos limites da cidade velha. As ruas de pedra levarão você às 23 igrejas espalhadas em uma paisagem espetacular, repleta de montes e de natureza exuberante. Dentro das igrejas, você encontrará peças lindíssimas feitas com habilidade e maestria com peças esculpidas em madeira e até mesmo com folhas de ouro decorando as paredes. Na Basílica de Nossa Senhora do Pilar, foram usados 400 quilogramas de ouro para decorar o interior.

Ouro Preto é uma galeria a céu-aberto, com inúmeras obras de arte de estilo barroco. O mestre da cidade é o falecido escultor Antônio Francisco Lisboa, mais conhecido como Aleijadinho, um dos artistas mais importantes da história brasileira.

Seu trabalho magnífico aparece em seu próprio museu, dedicado a preservar e exibir objetos de arte sacra. O legado barroco da cidade é tão importante (e fascinante) que, em 1980, foi considerado Patrimônio Mundial da humanidade pela UNESCO, tornando-se a primeira cidade brasileira a alcançar tal status.

Uma parte importante da história

A cidade tem mansões, fontes, ruínas, jardins com terraços e torres que são lembretes de como a cidade era no passado, uma história que é bem viva aqui. Ouro Preto era o lar de Tiradentes, um líder independentista que garantiu seu lugar na história brasileira por seu desejo de ter um país livre.

O Museu da Inconfidência (uma referência ao nome do movimento de que Tiradentes era parte) conta essa história. O prédio foi uma prisão em tempos coloniais. Tiradentes também empresta seu nome à praça principal, onde turistas e moradores da cidade se misturam e se divertem.

Venha ser transportado de volta ao Brasil de outrora em Ouro Preto, umas das cidades mais bonitas do Brasil – e do mundo.